Presidente do Tribunal do Ceará autoriza atendimento de advogados ‘via telefone’

Presidente do Tribunal do Ceará autoriza atendimento de advogados ‘via telefone’

Medida atende solicitação da OAB no Estado que ponderou sobre a dificuldade dos causídicos diante de deslocamentos seguidos a comarcas do interior; autorização não alcança processos que estão sob segredo judicial

Redação

04 de julho de 2019 | 08h13

Reprodução de documento publicado pelo site Migalhas

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargador Washington Luís Bezerra de Araújo, despachou ofício a todos os magistrados das comarcas do interior do Estado autorizando o atendimento por telefone aos advogados para fins de consulta processual. Araújo acatou solicitação da Ordem dos Advogados do Brasil/Ceará. Ele considerou a necessidade de seguidos deslocamentos dos causídicos a municípios.

A informação sobre o ofício do presidente do TJ do Ceará foi divulgada pelo site jurídico Migalhas nesta quarta, 3. O atendimento aos advogados fica restrito às comarcas do interior e não alcança processos que estão sob segredo de Justiça. A decisão é do dia 18 de junho.

A Ordem ponderou sobre as dificuldades dos advogados em comparecer a comarcas diversas do Estado onde tramitam causas de seus clientes.

O presidente da Corte, ‘sensível às razões expostas pela OAB’, anotou que a advocacia tem o direito de acessar informações sobre as ações e que é função do Judiciário tomar medidas que assegurem a esses profissionais o exercício dessa prerrogativa.

Tendências: