Presidente do STJ está com covid, mas vai continuar despachando no plantão

Presidente do STJ está com covid, mas vai continuar despachando no plantão

Humberto Martins testou positivo para o novo coronavírus, mas está medicado e não apresenta sintomas

Redação

03 de janeiro de 2022 | 12h29

Ministro Humberto Martins testou positivo para a covid, mas está assintomático, diz STJ. Foto: Gustavo Lima/STJ

O ministro Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), testou positivo para a covid-19. Responsável pelo plantão na Corte, ele vai continuar trabalhando durante o recesso do Judiciário.

O diagnóstico foi descoberto em exame de rotina. De acordo com a assessoria de imprensa do tribunal, Martins está medicado e não apresenta sintomas do novo coronavírus. Ele vai cumprir quarentena em casa, de onde seguirá despachando até 15 de janeiro, quando entra de férias e será substituído pelo vice-presidente do STJ, Jorge Mussi, como já estava previsto.

Assim como nos demais tribunais superiores, os ministros do STJ retomam o trabalho no dia 1º de fevereiro, quando as sessões na Corte voltam a ser presenciais depois de quase dois anos de julgamentos remotos na pandemia.

Leia a nota divulgada pelo STJ:

O presidente do STJ e do CJF, ministro Humberto Martins, ao realizar exame de rotina, testou positivo para Covid-19. Ele está devidamente medicado, passa bem, sem qualquer sintoma, e logo será liberado por seus médicos.

Cumprirá isolamento em casa e continuará despachando normalmente neste período, em trabalho remoto e por telefone. No dia 15 de janeiro entrará de férias até o dia 31, quando será substituído pelo vice-presidente do STJ e do CJF, ministro Jorge Mussi, conforme previsto anteriormente.

Retornará no dia 1º de fevereiro, ocasião da abertura do ano judiciário dos tribunais superiores, exercendo suas atribuições legais como presidente do Superior Tribunal de Justiça e do Conselho da Justiça Federal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.