‘Prendam e recolham à prisão a pessoa Aldemir Bendine’

‘Prendam e recolham à prisão a pessoa Aldemir Bendine’

Ex-presidente da Petrobrás, o 'Cobra' foi alvo nesta quinta-feira, 27, do mandado de prisão Nº 700003649586 expedido pelo juiz Sérgio Moro

Julia Affonso e Fausto Macedo

27 de julho de 2017 | 12h54

O ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobrás Aldemir Bendine, o ‘Cobra’ das planilhas de propinas da empreiteira Odebrecht, foi preso nesta quinta-feira, 27, por força do mandado de prisão número 700003649586, expedido pelo juiz federal Sérgio Moro.

‘Prendam e recolham à prisão a pessoa conhecida por Aldemir Bendine’, ordenou o juiz da Lava Jato.

Bendine e operador destruíam mensagens a cada 4 minutos, diz Lava Jato

Bendine ia para Lisboa nesta sexta, só com passagem de ida

Bendine é o alvo principal da nova etapa da Lava Jato, a fase ‘Cobra’ – 42.ª fase da investigação. Ele é o primeiro ex-presidente da estatal petrolífera apanhado pela Lava Jato que, antes, havia alcançado diretores de áreas estratégicas (Abastecimento, Internacional e Serviços).

O ex-presidente é acusado de exigir propina de R$ 17 milhões da Odebrecht. Pegou R$ 3 milhões em parcelas de R$ 1 milhão cada, em junho e julho de 2015.

Bendine ‘Cobra’ foi preso às 6 horas desta quinta em Sorocaba, no interior de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:

operação Lava Jato