Pré-candidato à presidência dos EUA, Bernie Sanders comemora liberdade de Lula

Pré-candidato à presidência dos EUA, Bernie Sanders comemora liberdade de Lula

'Lula fez mais do que que qualquer um para diminuir a pobreza no Brasil', diz pré-candidato à presidência dos Estados Unidos sobre a soltura do petista

Beatriz Bulla/WASHINGTON

08 de novembro de 2019 | 20h49

O senador Bernie Sanders, um dos pré-candidatos à presidência dos Estados Unidos pelo partido democrata, comemorou no Twitter a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da prisão. “Como presidente, Lula fez mais do que que qualquer um para diminuir a pobreza no Brasil e defender os trabalhadores. Eu fico satisfeito que ele tenha sido liberado da prisão, que nunca deveria ter acontecido”, escreveu Sanders em sua conta no Twitter.

O pré-candidato à Presidência da República dos Estados Unidos, Bernie Sanders. Foto: Charlie Neibergall / Associated Press

Sanders já se manifestou em outras ocasiões a favor da liberdade de Lula e anulação de sua condenação. Em junho, o democrata escreveu que Lula “reduziu dramaticamente a pobreza e permanece, ainda hoje, como o político mais popular do Brasil”.

Em 2018, ele esteve entre um grupo de 29 congressistas que denunciava preocupação com a situação dos direitos humanos no Brasil, citando a prisão de Lula e a morte da vereadora Marielle Franco. A carta mencionava que a condenação de Lula havia sido feita com base em “acusações não comprovadas” e um julgamento “questionável e politizado”.

Notícias relacionadas

Tendências: