Por que é importante que as empresas busquem iniciativas sustentáveis?

Por que é importante que as empresas busquem iniciativas sustentáveis?

Thiago‌ ‌Campaz‌*

11 de novembro de 2021 | 06h30

Thiago‌ ‌Campaz‌. FOTO: DIVULGAÇÃO

Muito já se fala sobre a responsabilidade socioambiental que as empresas têm sobre os impactos que causam ao exercer suas atividades econômicas. E o mais importante é o reconhecimento da responsabilidade de todos os agentes da economia, e não apenas daquelas que dependem de extração direta para sua produção. As companhias, como as de tecnologia, que não possuem essa prática diretamente ligada à sua atividade, também são capazes de causar grandes impactos ambientais ao utilizar, por exemplo, quantidades exorbitantes de recursos elétricos. A sustentabilidade é uma forma das instituições assumirem essas responsabilidades e encontrarem uma solução para os potenciais problemas que causam.

Segundo a 8ª edição do observatório Febraban – Pesquisa Febraban-IPESPE, que mapeia a visão da população sobre os temas que impactam o país, 77% dos entrevistados concordam que a adoção das boas práticas pelas companhias e pelos governos deve ser prioridade mesmo com o risco de diminuir os lucros e o crescimento econômico no curto prazo.

Esse dado é um importante indicador de mudança no comportamento do consumidor que, se tornando mais consciente dessas questões, também exige isso das empresas das quais consome produtos. Além disso, as questões que abarcam os impactos socioambientais, como a sustentabilidade, têm constituído importantes critérios para a escolha de fornecedores por outras empresas.

Também, a adoção de iniciativas sustentáveis não apenas oferecem vantagens à companhia frente ao mercado, como também beneficiam o ambiente interno, principalmente através do estímulo ao bem-estar dos colaboradores. Entre outras vantagens estão a diminuição do orçamento da empresa com despesas administrativas, como água e energia, e melhora no desempenho e produtividade, levando a um aumento dos lucros.

Todas essas informações devem ser levadas em consideração no momento de ponderar sobre o investimento em ações sustentáveis. E começar não é difícil. O simples mapeamento de processos e recursos utilizados pelas empresas é um passo fundamental rumo à sustentabilidade.

Ao fazê-lo você conseguirá ter uma maior clareza de quais são as operações com gargalos que utilizam mais recursos. E assim, a partir da otimização desses processos já é possível ter um uso mais inteligente e estar mais perto de iniciativas sustentáveis. Por exemplo, a prestação de contas de funcionários que ainda ocorrem de forma física e manual utilizando-se de grandes montantes de papel, podem ser trocados por soluções tecnológicas mais modernas, que além de ajudar a organização a economizar tempo, também auxilia no fim do desperdício ao manter os documentos digitalizados dentro da plataforma.

Além dessa prática, é possível investir em coleta seletiva e reciclagem, onde basta ter dois containers de lixo diferentes: um destinado à orgânico e outro à reciclável. E se na cidade na qual a empresa está situada não houver coleta seletiva, também é possível firmar parcerias com cooperativas ou ONGs de reciclagem para que façam o recolhimento desses materiais.

Outro passo fundamental é incentivar os colaboradores a adotarem práticas no dia a dia, como a diminuição do consumo de energia e água, capazes de transformar a cultura corporativa como um todo.

Nos dias de hoje, tudo isso tem um papel muito importante, principalmente para o desenvolvimento da sociedade. Então, ao mudar isso dentro das empresas, elas impactam e servem de exemplo diretamente aos seus funcionários, clientes e parceiros, que daí em diante, começam a repensar os seus atos e mudar hábitos.

Várias companhias trabalham lado a lado das ações ESG, pois entendem o quanto esse papel é significativo para observar a mudança que o planeta precisa. Afinal, quando damos o primeiro passo já iniciamos um caminho e é nítido que aqueles que estiverem de olho nessa transformação sairão na frente. E, com certeza, o planeta agradece. Vamos juntos nessa?

*Thiago Campaz, é CEO e co-fundador do VExpenses

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.