Polícia prende 2 em operação contra ameaças a juízes e promotores em Brasília

Polícia prende 2 em operação contra ameaças a juízes e promotores em Brasília

Hostilidades a magistrados e integrantes do Ministério Público do Distrito Federal foram feitas por e-mails

Redação

21 de maio de 2020 | 11h10

Pen drive encontrado durante buscas na manhã desta quinta, 21. Foto: MPDFT

A Polícia Civil e o Ministério Público do Distrito Federal realizaram uma operação na manhã desta quinta, 21, para apurar ameaças feitas por e-mail a autoridades do Judiciário, Legislativo e Executivo e prenderam duas pessoas em flagrante por crime de utilização indevida de selo ou sinal verdadeiro em prejuízo de outrem ou em proveito próprio ou alheio.

As detenções ocorreram durante cumprimento de mandado de busca no condomínio Lake Syde próximo ao lago Paranoá. No local os agentes encontraram um pendrive com as inscrições ‘matar juízes, matar todos’.

A operação se dá após pedido do Ministério Público pela abertura de inquérito para apurar as ameaças.

Segundo o Núcleo Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Ncyber) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, membros do órgão e do Tribunal de Justiça do DF receberam e-mails com ameaças e incitação da prática de crimes contra agentes públicos.

A mensagem também cita autoridades federais e ministros dos Tribunais Superiores.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.