Polícia Federal investiga desvios em contratos que somam R$ 39,5 bi

Polícia Federal investiga desvios em contratos que somam R$ 39,5 bi

Estão em andamento em todo o País 9400 inquéritos sobre fraudes e corrupção em negócios com recursos públicos

Andreza Matais, de Brasília, e Fausto Macedo

09 de dezembro de 2015 | 14h15

policia-federal_em_greve

Foto: Agência Brasil

No Dia Internacional de Combate à Corrupção a Polícia Federal informou que está investigando fraudes e desvios em contratos da administração pública que somam R$ 39,57 bilhões.

Segundo a PF, estão em curso em todas as Superintendências Regionais da corporação 9400 inquéritos.
Em 2015, a PF já deflagrou 50 operações especiais para combate a ilícitos contra a administração, como peculato e corrupção.

[veja_tambem]

O valor de R$ 39,57 bilhões é referente ao total destinado pelo governo a setores diversos, como saúde e educação. Ao final das investigações a PF poderá definir quanto foi efetivamente desviado desse montante.

 

COM A PALAVRA, O MINISTÉRIO DA SAÚDE

“O Ministério da Saúde considera inadmissível qualquer uso inadequado e irregular de recursos públicos, sobretudo quando se trata de desvios de verba da saúde, impactando na vida de pacientes e familiares. Até o momento, a pasta não foi notificada da Operação Pulso da Polícia Federal, deflagrada nesta quarta-feira (9). Em todo caso, o Ministério da Saúde está buscando conhecer o objeto da investigação para que, então, possa adotar qualquer medida que seja necessária. Também se coloca à disposição das autoridades policiais para contribuir com as investigações.”

Tudo o que sabemos sobre:

CorrupçãoPolícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.