Polícia desmonta fábrica de Ferraris e Lamborghinis falsas de Santa Catarina

Polícia desmonta fábrica de Ferraris e Lamborghinis falsas de Santa Catarina

Agentes apreenderam oito réplicas semimontadas das marcas italianas que seriam vendidas por até 250 mil; os veículos eram comercializados para todo país e as vendas eram anunciadas pelas redes sociais

Pepita Ortega

16 de julho de 2019 | 09h59

Polícia desmonta fábrica de Ferraris e Lamborghinis falsas de Santa Catarina. Foto: Polícia Civil de Santa Catarina

A Polícia Civil de Santa Catarina fechou nesta segunda, 15, uma fábrica clandestina de Itajaí, município localizado à 94 km de Florianópolis, que montava veículos falsos das marcas Ferrari e Lamborghini por encomenda. Agentes apreenderam oito réplicas semimontadas que seriam vendidas por até 250 mil. Os modelos originais são comercializados por valores entre R$1,5 milhão e R$ 3 milhões, indicou a Polícia Civil.

A ação foi conduzida pelo Setor de Investigações Criminais da 1ª Delegacia de Comarca de Itajaí e apreendeu ainda chassis, moldes, ferramentas e fibras utilizados na fabricação das falsificações dos veículos de luxo. A venda dos carros era divulgada pelas redes sociais.

Polícia desmonta fábrica de Ferraris e Lamborghinis falsas de Santa Catarina. Foto: Polícia Civil de Santa Catarina

As investigações tiveram início após representantes das marcas italianas entrarem em contato com a Polícia Civil de Santa Catarina.

Os investigados são considerados como os principais falsificadores das marcas no Brasil e comercializavam veículos para todo o país, indicou a PC.

Segundo a Polícia Civil, os donos do local, pai e filho, serão indiciados por crimes contra a propriedade industrial.

Polícia desmonta fábrica de Ferraris e Lamborghinis falsas de Santa Catarina. Foto: Polícia Civil de Santa Catarina

Tendências: