Polícia de Pezão vai enviar equipe para avaliar 46 blindados

A Secretaria de Segurança do Rio, governado por Luiz Fernando Pezão (PMDB), vai avaliar veículos oferecidos pelo juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Estado

Mariana Sallowicz

04 Agosto 2017 | 19h24

Após ter recebido uma oferta da Justiça para usar veículos blindados que estão parados, a Secretaria de Estado de Segurança do Rio informou que enviará “o mais breve possível” uma equipe de vistoria para avaliar os carros-fortes. O juiz Marcelo Bretas, responsável pelos desdobramentos da Operação Lava Jato no Estado, disponibilizou para o governo do Rio 46 veículos blindados que estão atualmente bloqueados na Justiça federal.

Os veículos são da transportadora Trans-Expert. Segundo as investigações conduzidas pela força-tarefa da Lava Jato no Rio, veículos da empresa eram usados pelo esquema de corrupção que seria liderado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral para movimentar dinheiro de corrupção.

“A Secretaria de Estado de Segurança recebeu, nesta sexta, oficio do juiz da 7ª Vara Federal Criminal, Marcelo Bretas, disponibilizando 46 veículos blindados (carros-fortes), que poderão ser aproveitados futuramente pelas polícias militar e civil. A noticia vem minimizar o impacto da crise econômica do Estado do Rio de Janeiro e atender necessidade das polícias”, diz em nota.

A oferta do magistrado ocorre após um contingente de 8,5 mil militares terem sido enviados para o Rio para reforçar a segurança. O deslocamento das tropas, em ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), foi autorizado por decreto do presidente Michel Temer no final do mês passado.