PF reúne especialistas e mira combate ao tráfico, lavagem e facções do crime

PF reúne especialistas e mira combate ao tráfico, lavagem e facções do crime

Uma semana depois de esmagar o coração financeiro do PCC, bloqueando 400 contas por onde circulava dinheiro de drogas, Polícia Federal e investigadores estrangeiros se encontram em Aracaju para troca de experiências e planejamento de cerco às organizações

Redação

14 de agosto de 2019 | 06h05

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

A Polícia Federal abriu nesta terça, 13, um encontro de especialistas em combate ao tráfico, lavagem de dinheiro e facções do crime organizado.

O XIV Encontro do Sistema de Repressão a Drogas e Facções Criminosas (Siren) se estende até sexta, 16, em Aracaju, com objetivo de promover troca de experiências e estudo de casos, por parte de policiais federais e investigadores nacionais e estrangeiros, além do planejamento de ações de combate à criminalidade.

O foco na investigação patrimonial, com a identificação dos fluxos dos capitais provenientes de crimes, rastreamento das modalidades de lavagem de dinheiro e descapitalizado das facções, através do sequestro de bens e bloqueio de contas bancárias é a diretriz traçada para a atuação policial e principal temática do encontro.

Na semana passada, a PF deflagrou a Operação Cravada, capturou as principais lideranças do PCC e esmagou o coração financeiro da facção ao bloquear 400 contas bancárias por onde circulavam dinheiro do tráfico.

Tendências: