PF queima 85 mil pés de maconha confiscada em terras indígenas no Maranhão

PF queima 85 mil pés de maconha confiscada em terras indígenas no Maranhão

Ao todo, foram encontradas 28 toneladas de droga durante a quinta fase da Operação Fusarium; uma pessoa foi presa e responderá por tráfico

Maria Isabel Miqueletto

25 de outubro de 2021 | 10h41

Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal queimou cerca de 85 mil pés de cannabis sativa, erva conhecida popularmente como maconha, nas terras indígenas de Alto Turiaçu, Alto Rio Guamá e em Terras da União, nas proximidades dos municípios de Centro do Guilherme e Centro Novo, no Maranhão, a cerca de 280 quilômetros da capital, São Luís.

A ação fez parte da quinta fase da Operação Fusarium, deflagrada entre 18 e 23 de outubro, na região oeste do estado. Uma pessoa foi presa em flagrante, encontrada em uma das plantações portando drogas e uma espingarda calibre .22. Ele responderá por tráfico de drogas.

Ao todo, foram encontradas cerca de 28 toneladas de substâncias entorpecentes. Além dos pés de maconha, a PF erradicou 500 mudas e um quilo de sementes. No local havia também 10 quilos de maconha pronta para serem traficadas.

“A operação tem o escopo de reduzir a produção e oferta de maconha no estado do Maranhão, de desarticular a comercialização de drogas na região, identificar os envolvidos, individualizar condutas ilegais e descapitalizar o grupo criminoso”, afirma a PF, em nota.

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.