PF prende professor por pornografia infantil

PF prende professor por pornografia infantil

Suspeito, de 31 anos, trabalhava em uma escola de educação básica e foi flagrado na posse e produção de material pornográfico, inclusive com imagens de bebês, em sua residência, na cidade de Osasco, Grande São Paulo

Redação

16 de junho de 2015 | 15h02

Material apreendido pela polícia. Foto: PF

Material apreendido pela polícia. Foto: PF

Por Fausto Macedo e Julia Affonso

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira, 16, um professor de educação básica pela posse e produção de material pornográfico infantil em sua residência na cidade de Osasco, Grande São Paulo. O investigado, de 31 anos, trabalhava numa escola, em outro município, havia um mês. Anteriormente, ele afirmou ter trabalhado em escolas particulares.

O inquérito da PF teve início para apurar o abuso de uma menina de sua rede de relacionamentos pessoais. No curso da investigação, os policiais identificaram outros casos de abuso.

A pedido da PF, a 1.ª Vara Federal de Osasco expediu mandado de prisão preventiva contra o professor. Ao cumprir o mandado, os policiais federais identificaram em sua residência arquivos de computador contendo imagens pornográficas de bebês e de outras crianças.

A PF apurou que ele vendia, pela internet, as imagens que produzia. O material era preparado na própria casa do investigado.

Além dos arquivos e computadores contendo as imagens, a PF apreendeu brinquedos e peças íntimas infantis, que estavam na residência do professor.

A PF informou que o preso será encaminhado ao sistema prisional estadual.

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: