PF prende narcotraficante da fronteira com a Bolívia condenado a 28 anos

PF prende narcotraficante da fronteira com a Bolívia condenado a 28 anos

Segundo nota da Polícia Federal, traficante que foi localizado na cidade de Santa Cruz de La Sierra, no país vizinho, está entre os seis foragidos mais procurados do Brasil

Fábio Serapião/BRASÍLIA e Julia Affonso

13 de agosto de 2018 | 15h51

Foto: Reprodução/PF

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira, 13, em Mato Grosso do Sul, um traficante apontado como responsável pela logística do narcotráfico na fronteira com a Bolívia. O homem, segundo a PF, atuava na região com as funções de receber carregamentos de drogas, introduzi-los no País e, depois, destiná-los à Europa.

A ação foi resultado de mecanismos de cooperação policial internacional entre os dois países. Em nota, a PF informou que o traficante figurava entre os seis foragidos mais procurados do Brasil. Ele foi condenado a mais de 28 anos de prisão pela 5.ª Vara Federal Criminal de Campo Grande

As operações de cooperação policial internacional entre a PF e a polícia boliviana apontaram que o traficante foragido vivia em Santa Cruz de La Sierra, no país vizinho, onde foi identificado mesmo utilizando-se de documentos falsos.

O preso foi levado para Corumbá (MS), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Tudo o que sabemos sobre:

Tráfico de drogasBolívia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.