PF prende iraquiano em Cumbica com 21 quilos de cocaína em toalhas

PF prende iraquiano em Cumbica com 21 quilos de cocaína em toalhas

Homem de 30 anos ingressou no Brasil em 2015 mediante pedido de refúgio alegando estar sob 'ameaça de morte' em seu país

Luiz Vassallo e Julia Affonso

05 de julho de 2017 | 13h43

Toalhas engomadas com cocaína. Foto: PF

A Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos/Cumbica, prendeu nesta terça-feira, 4, um passageiro iraquiano tentando embarcar para a Turquia levando nas malas sete toalhas engomadas com 21 quilos de cocaína.

Durante fiscalização das bagagens despachadas para o voo com destino a Istambul, funcionários que operam os aparelhos de raio-x identificaram duas malas de um mesmo passageiro e acionaram os policiais federais.

Após analisar as imagens, os policiais localizaram o passageiro, proprietário das malas, e o conduziram à delegacia para que, na presença de testemunhas, acompanhasse a realização de perícia nas malas.

Dentro das duas malas havia sete toalhas enroladas em filme de PVC. Os exames periciais revelaram que as toalhas estavam engomadas com cocaína, cujo peso bruto somou quase 21 quilos de cocaína.

Toalhas engomadas com cocaína. Foto: PF

A droga teria como destino final a cidade de Bagdá.

O passageiro, de 30 anos, foi preso em flagrante por tráfico internacional de drogas.

Ele havia ingressado no Brasil mediante pedido de refúgio, em 2015, alegando estar sendo ‘ameaçado de morte’. Desde que entrou com o pedido de refúgio, o homem já retornou ao seu país de origem em outras sete oportunidades.

O preso foi conduzido ao presídio estadual onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Mais conteúdo sobre:

Tráfico de drogas