PF prende guarda no Paraná que recebia ecstasy da Holanda pelo correio

PF prende guarda no Paraná que recebia ecstasy da Holanda pelo correio

Investigado recebia pacotes de ecstasy da Holanda pelo correio

Redação

07 de fevereiro de 2019 | 16h13

Reprodução

A Polícia Federal prendeu guarda municipal de Fazenda do Rio Grande, região Metropolitana de Curitiba, por suspeita de tráfico internacional de drogas. Ele foi detido em flagrante enquanto os agentes cumpriam mandados de busca e apreensão em sua casa. Segundo as investigações, o guarda municipal recebia pacotes de ecstasy pelo correio.

“Por meio de investigação iniciada a partir de correspondência internacional, contendo comprimidos de ecstasy, interceptada pelos Correios em Curitiba, a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão numa residência situada na cidade de Fazenda Rio Grande, município que faz parte da região metropolitana de Curitiba”, afirma a PF.

Segundo a corporação, durante as buscas foram localizados uma arma de fogo irregular (pistola 6,35mm municiada com seis projéteis), medicamentos de origem estrangeira e uma pequena quantidade de drogas.

O mandado judicial foi expedido pelo Juízo da 23ª Vara Federal de Curitiba/PR.

“A postagem inicialmente interceptada continha 337 comprimidos de Ecstasy oriundos da Holanda e dentre os materiais apreendidos na data de hoje, há elementos que confirmam que o destino da droga era de fato para o preso. Como por exemplo, correspondências internacionais com endereçamento e nome de destinatário”, revela a PF.

De acordo com a Polícia Federal, ‘o preso e o material foram encaminhados à Superintendência Regional da Polícia Federal onde permanecerão à disposição da justiça’.