PF prende em flagrante família com criança de 2 anos e 19 kg de cocaína no aeroporto de Curitiba

PF prende em flagrante família com criança de 2 anos e 19 kg de cocaína no aeroporto de Curitiba

Com apoio da Receita, agentes da Polícia Federal identificaram produtos de higiene pessoal recheados com droga em bagagens despachadas que tinham Lisboa como destino

Pepita Ortega

24 de fevereiro de 2020 | 13h01

PF prende em flagrante família com criança de 2 anos e 19 kg de cocaína no aeroporto de Curitiba. Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal e a Receita prenderam na noite deste domingo, 23, uma família que levava uma criança de 2 anos e, em meio a produtos de higiene pessoal, uma partida de 19 quilos de cocaína. A prisão ocorreu no aeroporto Afonso Pena, em Curitiba. A droga estava nas bagagens da família e tinha Lisboa como destino.

Os agentes da PF e da Receita identificaram o entorpecente em trabalho de rotina de fiscalização de bagagens despachadas com uso do equipamento de raio-X.

As bagagens foram separadas na presença dos passageiros ‘que se utilizavam de uma condição familiar, levando inclusive uma criança de 2 anos, para disfarçar o transporte da droga’, diz a Pf.

A bagagem foi aberta para vistoria e logo se percebeu que estavam sendo levados muitos produtos de higiene pessoal, que se constatou estarem recheados com cerca de 19 quilos de cocaína.

Três pessoas foram presas em flagrante e conduzidas para a Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba.

A criança foi entregue aos cuidados de parente próximo.

PF prende em flagrante família com criança de 2 anos e 19 kg de cocaína no aeroporto de Curitiba. Foto: Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: