PF prende dois por furto de carga de celulares em Cumbica

PF prende dois por furto de carga de celulares em Cumbica

Funcionário e um agente de segurança são suspeitos de pegar aparelhos de última geração procedentes de Manaus

Julia Affonso e Vitor Tavares

04 de julho de 2016 | 18h33

Foto: Divulgação/PF

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Polícia Civil, prendeu no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), um funcionário de uma empresa que presta serviços para companhias aéreas e um agente de segurança furtando carga de celulares de última geração. As prisões ocorreram na última quinta-feira, 30.

Os policiais foram acionados pela companhia aérea assim que a aeronave pousou, procedente de Manaus, denunciando a violação de uma carga de aparelhos celulares.

Foram realizadas diligências, com o auxílio de câmeras de segurança, o que possibilitou, por meio de análises das movimentações de pessoas e cargas, chegar aos envolvidos.

O funcionário da empresa que atende as companhias aéreas, após a violação da carga aérea, tentou se livrar dos celulares escondendo-os num armário e ainda cooptou um agente de segurança, entregando parte do furto, para que pudesse deixar as dependências do aeroporto sem levantar suspeitas.

Dos 6 aparelhos furtados da carga 2 foram recuperados.

Os suspeitos tiveram suas credenciais recolhidas, foram presos e apresentados à Justiça.

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.