PF prende dois homens em flagrante e resgata 15 girafas em resort no Rio

PF prende dois homens em flagrante e resgata 15 girafas em resort no Rio

Polícia Federal apura se animais foram importados ilegalmente da África do Sul para Mangaratiba, no litoral sul fluminense

Redação

26 de janeiro de 2022 | 21h28

15 girafas foram apreendidas pela Polícia Federal. Foto: Reprodução/PF

A Polícia Federal prendeu dois homens em flagrante por maus-tratos e apreendeu 15 girafas importadas da África do Sul em um resort safari, em Mangaratiba, no litoral sul do Rio de Janeiro.

A operação deriva de um inquérito aberto pela Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico (DELEMAPH).

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) também estiveram no local para verificar as condições que levaram outros três animais à morte. O Ibama vai ficar responsável pela supervisão e cuidado das girafas resgatadas.

Os homens presos foram conduzidos à Superintendência da Polícia Federal no Rio, onde foi lavrado termo circunstanciado de ocorrência por maus tratos, crime previsto na lei de crimes ambientais.

A PF vai seguir com a investigação, agora para apurar se os animais foram importados ilegalmente e as condições em que foram trazidos ao Brasil.

Veja registros da operação:

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.