PF prende comissionado da Prefeitura de Porto Alegre por estupro de criança em avião

PF prende comissionado da Prefeitura de Porto Alegre por estupro de criança em avião

Homem de 49 anos foi capturado em flagrante após mãe de uma menina de 6 anos denunciar abuso durante voo entre São Paulo e a capital gaúcha

Julia Affonso

06 de dezembro de 2017 | 12h55

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

A Polícia Federal prendeu em flagrante, na madrugada de segunda-feira, 4, um funcionário público da Prefeitura de Porto Alegre (cargo em comissão) por estupro de vulnerável. A infomação foi divulgada pela PF nesta quarta-feira, 6.

Em nota, a Polícia relatou que a mãe da menina, de seis anos de idade, contou que ‘o ato libidinoso teria ocorrido durante voo entre Guarulhos e Porto Alegre, enquanto a criança dormia’. A mãe percebeu o abuso e acionou a tripulação do voo, que comunicou o fato à Polícia Federal.

Segundo a PF, o homem é do Rio de Janeiro, tem 49 anos e já trabalhou como professor de português em escolas de Porto Alegre. Ele está preso na Superintendência da PF em Porto Alegre, à disposição da Justiça Federal.

COM A PALAVRA, A PREFEITURA DE PORTO ALEGRE

Nota oficial

A Prefeitura de Porto Alegre comunica a exoneração do servidor preso pela Polícia Federal na madrugada da última segunda-feira, 4. A investigação do caso segue sendo feita pela Polícia Federal.

Mais conteúdo sobre:

Polícia FederalEstupro