PF prende com 11 notas de R$ 100 falsas entregador de material de construção

PF prende com 11 notas de R$ 100 falsas entregador de material de construção

Investigação da Polícia Federal no Rio Grande do Norte descobre que suspeito, de 19 anos, recebia dinheiro pelos Correios; ele alegou que 'desconhecidos' lhe ofereceram o dinheiro frio por meio de aplicativo de mensagens

Paulo Roberto Netto

28 de fevereiro de 2020 | 05h30

A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta quinta, 27, em Extremoz, na região metropolitana de Natal, um entregador de material de construção, com R$ 1.100 em cédulas falsas.

A prisão ocorreu após o sistema de segurança dos Correios ter detectado um envelope de ‘conteúdo suspeito’ que provavelmente seria procurado pelo destinatário nesta quinta.

Foto: Polícia Federal / Divulgação

Acionada, uma equipe da PF se deslocou até a agência de Extremoz. Quando o suspeito, de 19 anos, apareceu para receber a ‘encomenda’, os agentes o cercaram. Em seu poder estavam 11 cédulas de R$ 100.

O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para autuação na Superintendência da PF. Durante interrogatório, ele admitiu ter feito a compra ‘através de uma pessoa de nome e paradeiro desconhecidos’, o qual teria lhe oferecido o dinheiro falsificado em um grupo de aplicativo de mensagens.

O preso alegou, ainda, ter sido esta a primeira vez ‘que se envolveu nesse tipo de transação’.

Indiciado no crime de moeda falsa e, após ser submetido a exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), o suspeito encontra-se custodiado na Superintendência Regional da PF, à disposição da Justiça.

Esta foi a segunda apreensão de notas falsas realizada pela PF que chegaram ao Rio Grande do Norte, por via postal, nos últimos 30 dias, destacou a Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.