PF prende ‘Bebezão’, líder do PCC na fronteira do Paraguai

PF prende ‘Bebezão’, líder do PCC na fronteira do Paraguai

Operação integrada com agentes da Secretaria Antidrogas do país vizinho deteve nesta terça-feira, 23, em Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, 16 suspeitos de integrarem a facção e confisca fuzis e munições do crime organizado

Redação

24 de março de 2021 | 08h44

Operação Fronteira Segura. Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal e a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) prenderam nesta terça feira, 23, 16 pessoas suspeitas de integrarem a cúpula do PCC na região de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

Entre os detidos está um homem conhecido como “Bebezão”, que é apontado como um dos líderes do grupo. A ordem de prisão contra ele havia sido expedida no dia 6 de fevereiro de 2021, em um desdobramento da Operação Exílio – investigação que também mirou o tráfico de drogas e armas.

As prisões desta terça, 23, integraram a segunda fase da Operação Fronteira Segura, que tem como objetivo desarticular suposta organização criminosa vinculada ao PCC, que atua no tráfico internacional de drogas e de armas a partir da fronteira do Brasil com o Paraguai.

Segundo a PF, ao longo das investigações foi identificado que a facção estava se reestruturando após sofrer ‘perdas significativas’ na Operação Exílio.

A corporação indicou ainda que ao longo das diligências foram apreendidos diversos fuzis e munições de grosso calibre.

Operação Fronteira Segura. Foto: Polícia Federal

Operação Fronteira Segura. Foto: Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.