PF põe Isbarrola no Sul

PF põe Isbarrola no Sul

Delegado com 16 anos de carreira e especialista nas áreas de crimes financeiros e combate à corrupção assume Superintendência Regional gaúcha nesta terça, 24

Fábio Serapião/BRASÍLIA

24 de abril de 2018 | 05h27

Foto: PF

O delegado Alexandre da Silveira Isbarrola assume nesta terça-feira, 24, o cargo de superintendente regional da Polícia Federal no Rio Grande do Sul. A posse vai ocorrer no Teatro da PUCRS (Prédio 40), às 16h30.

Isbarrola ingressou na Polícia Federal em 2002, na Delegacia do Chuí. Foi Delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DRCOR) no Rio Grande do Sul e na Paraíba.

Ele vai assumir a vaga deixada pelo delegado Ricardo Saadi, agora chefe da PF no Rio de Janeiro.

Especialista nas áreas de crimes financeiros e combate à corrupção, Isbarrola foi responsável por importantes operações, como ‘Ouro Verde’, ‘Curto Circuito’, ‘Étimo’ e ‘Conexão Venezuela’.

Isbarrola é natural de Uruguaiana, graduado em Direito pela Universidade da Região da Campanha (1994), mestre e doutorando em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2007).

Ele ministra na Academia Nacional de Polícia (ANP) disciplinas nas áreas de inteligência financeira, crime organizado, lavagem de dinheiro e investigação de desvio de recursos públicos.

Isbarrola participou de diversos cursos na área de investigação financeira, como Investigação de Crimes Financeiros e Transporte Ilegal de Moeda, ministrado pelo Department of Homeland Security, dos EUA, Investigação Internacional em Crimes Financeiros e Lavagem de Dinheiro, ministrado pelo Internal Revenue Service/Departament of the Treasury (EUA) e Financial Investigations Techniques Course, da Polícia Federal canadense, na academia de polícia do Canadá, em Ottawa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.