PF pega refugiados em Cumbica com cocaína no estômago

PF pega refugiados em Cumbica com cocaína no estômago

Dois nigerianos foram presos quando embarcavam para Lagos e confessaram que engoliram a droga; desde início do ano 37 solicitantes de refúgio foram flagrados no Aeroporto Internacional de São Paulo

Redação

10 de agosto de 2015 | 12h43

Foto: PF

Foto: PF

Por Fausto Macedo e Julia Affonso

A Polícia Federal prendeu neste domingo, 9, dois nigerianos tentando embarcar para Lagos com cocaína oculta na bagagem e no estômago no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos/Cumbica.

Os dois homens, um de 28 anos e o outro de 32, ingressaram no Brasil beneficiados pela Lei do Refúgio. Eles seguiriam em voo com destino à Nigéria com escala em Doha/Qatar. Foram flagrados no momento em que tentaram passar com suas bagagens de mão pelo setor de imigração. Ambos levavam malas iguais e nelas, em um fundo falso, os policiais federais encontraram 88 cápsulas de cocaína.

Na Delegacia Especial da PF em Cumbica os presos confessaram que haviam engolido outra quantidade de cápsulas de cocaína. Com a vida em risco os homens foram imediatamente conduzidos a um hospital de Guarulhos (Grande São Paulo) para expelir a droga engolida.

Assim que tiverem alta, os nigerianos serão encaminhados ao presídio estadual e processados por tráfico internacional de drogas.

A PF apreendeu de janeiro a julho no Aeroporto Internacional de São Paulo 832 quilos de drogas e prendeu 188 acusados por tráfico. Do total de entorpecente recolhido, cerca de 160 quilos foram encontrados com 37 solicitantes de refúgio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.