PF pega refugiados em Cumbica com cocaína no estômago

PF pega refugiados em Cumbica com cocaína no estômago

Dois nigerianos foram presos quando embarcavam para Lagos e confessaram que engoliram a droga; desde início do ano 37 solicitantes de refúgio foram flagrados no Aeroporto Internacional de São Paulo

Redação

10 de agosto de 2015 | 12h43

Foto: PF

Foto: PF

Por Fausto Macedo e Julia Affonso

A Polícia Federal prendeu neste domingo, 9, dois nigerianos tentando embarcar para Lagos com cocaína oculta na bagagem e no estômago no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos/Cumbica.

Os dois homens, um de 28 anos e o outro de 32, ingressaram no Brasil beneficiados pela Lei do Refúgio. Eles seguiriam em voo com destino à Nigéria com escala em Doha/Qatar. Foram flagrados no momento em que tentaram passar com suas bagagens de mão pelo setor de imigração. Ambos levavam malas iguais e nelas, em um fundo falso, os policiais federais encontraram 88 cápsulas de cocaína.

Na Delegacia Especial da PF em Cumbica os presos confessaram que haviam engolido outra quantidade de cápsulas de cocaína. Com a vida em risco os homens foram imediatamente conduzidos a um hospital de Guarulhos (Grande São Paulo) para expelir a droga engolida.

Assim que tiverem alta, os nigerianos serão encaminhados ao presídio estadual e processados por tráfico internacional de drogas.

A PF apreendeu de janeiro a julho no Aeroporto Internacional de São Paulo 832 quilos de drogas e prendeu 188 acusados por tráfico. Do total de entorpecente recolhido, cerca de 160 quilos foram encontrados com 37 solicitantes de refúgio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: