PF pega haxixe e cocaína em jaquetas e sabonetes no aeroporto de Guarulhos

PF pega haxixe e cocaína em jaquetas e sabonetes no aeroporto de Guarulhos

Apreensões foram feitas em ações distintas que flagraram um nigeriano e uma boliviana e, ainda, remessa postal dos EUA

Redação

26 Julho 2018 | 11h10

Foto: PF

A Polícia Federal apreendeu entre os dias 24 e 25, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, mais de 12 quilos de drogas, inclusive haxixe, com passageiros de voos internacionais e em remessa postal, proveniente dos EUA.

Segundo a PF, servidores da Receita, em ‘fiscalização de rotina’ realizada na terça, 24, localizaram com o auxílio do raio-x, ‘substância orgânica’ dentro de uma remessa postal enviada ao Brasil, a partir dos Estados Unidos, por meio de courrier e acionaram a PF para realização de perícia.

Foto: PF

Foto: PF

Foto: PF

Os peritos federais identificaram a substância, endereçada à cidade de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, como haxixe, cujo peso somou 300 gramas. Foi instaurado inquérito policial para identificar os responsáveis pela droga.

Já nesta quarta-feira, 25, em ações distintas, foram presos dois passageiros tentando embarcar com cocaína para o exterior.

Na primeira ação, um nigeriano de 50 anos tentou passar pelo controle migratório com quase dez quilos de cocaína dentro dos forros de jaquetas e em embalagens de camisas e sabonetes.

A droga tinha como destino Joanesburgo, na África do Sul.

No final da noite, policiais federais abordaram uma boliviana no check-in de voo com destino a Bamako, capital do Mali. A mulher, de 22 anos, não soube dar detalhes sobre sua viagem e foi conduzida para passar por busca pessoal e revista das bagagens. Em sua mala foi encontrado um fundo falso contendo dois quilos de cocaína.

Mais conteúdo sobre:

Tráfico de drogas