PF pega bombons recheados de cocaína no aeroporto

PF pega bombons recheados de cocaína no aeroporto

Três nigerianos foram flagrados na madrugada desta sexta, 22, pela Receita e agentes federais em Cumbica/Guarulhos quando iam embarcar para a Etiópia levando cerca de 30 quilos do pó branco em embalagens da guloseima e também de sopa instantânea e no solado de sandálias

Redação

22 de março de 2019 | 12h43

A Polícia Federal prendeu, no Aeroporto Internacional de São Paulo em Cumbica/Guarulhos, na madrugada desta sexta, 22, três nigerianos identificados pela Receita com drogas nas bagagens. Com auxílio de cães farejadores, servidores da Receita identificaram bagagens com ‘conteúdo suspeito’ em voo para Adis Abeba, na Etiópia.

A PF foi acionada e conduziu os suspeitos para acompanhar a perícia em seus pertences.

Na mala de um dos passageiros, de 33 anos de idade, foram encontradas embalagens de bombons recheados com cocaína, cujo peso somou aproximadamente 9 quilos.

Com outro suspeito, um homem de 49 anos, quase 11 quilos de cocaína estavam dentro de pacotes de sopa instantânea.
Outros 8 quilos de cocaína estavam dentro de 322 volumes encontrados nos solados de sandálias femininas que estavam na mala do passageiro – segundo a PF, este havia ingressado no país beneficiado pela Lei do Refúgio.

No total, foram apreendidos quase 30 quilos de cocaína com os três nigerianos.

Os presos serão conduzidos aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.