PF mira extração ilegal de minerais em João Pessoa

PF mira extração ilegal de minerais em João Pessoa

Operação Jampa Verde 2, deflagrada nesta sexta, 17, tem parceria com Superintendência de Administração do Meio Ambiente e o Ministério do Trabalho

Pedro Prata

17 de janeiro de 2020 | 16h42

A Polícia Federal na Paraíba, em parceria com a Superintendência de Administração do Meio Ambiente e a Superintendência Regional do Trabalho, deflagrou a segunda fase da Operação Jampa Verde nesta sexta, 17, para combater a extração de minerais sem autorização da Agência Nacional de Mineração e também condições de trabalho degradantes.

Mineração ocorria no bairro Mandacaru, em João Pessoa. Foto: PF/Divulgação

A atuação ocorreu em Mandacaru, bairro de João Pessoa, e contou com apoio de 20 servidores, entre policiais federais, servidores da Agência de Mineração e do Trabalho.

PF combate extração de minerais sem autorização da Agência Nacional de Mineração. Foto: PF/Divulgação

A extração mineral ilegal já havia sido alvo da PF na Paraíba na Operação Jampa Verde 1, daquela vez com apoio também do Batalhão Ambiental e da Agência Nacional, nos municípios de Conde e Santa Rita.

Foto: PF/Divulgação

Os investigados serão indiciados nos crimes do artigo 55 da Lei 9.605/1998, combinado com o artigo 2 da Lei 8.176/1991, cujas penas somadas podem ultrapassar 5 anos de prisão.

Foto: PF/Divulgação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.