PF investiga contrabando de cigarros e violação de sigilo em Sorocaba

PF investiga contrabando de cigarros e violação de sigilo em Sorocaba

Agentes cumprem cinco mandados de busca e apreensão e dois de prisão; grupo era investigado desde 2018 por descaminho

Redação

29 de abril de 2019 | 08h25

Cigarro. Foto: Tiago Queiroz / AE

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagram nesta segunda-feira, 29, em Sorocaba, uma operação que investiga organizações criminosas que contrabandeavam cigarros do Paraguai.

Na cidade localizada a 97 km de São Paulo, agentes cumprem sete mandados – cinco de busca e apreensão, um de prisão preventiva e um de prisão temporária.

As ações apuram o comércio de mercadorias estrangeiras sem o pagamento de impostos, além de investigar como integrantes do grupo tiveram acesso à informações sigilosas de investigação policial.

A Delegacia de Polícia Federal em Sorocaba começou a investigar os delitos do grupo em 2018, com base em elementos obtidos na Operação Homônimo, deflagrada para apurar crimes de violação de sigilo funcional e descaminho.