PF indicia 16 na Operação ‘Cui Bono?’

PF indicia 16 na Operação ‘Cui Bono?’

Investigação sobre fraudes na liberação de créditos junto à Caixa concluiu por crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e obstrução à investigação

Fabio Serapião/BRASÍLIA

08 Junho 2018 | 17h26

Caixa. Foto: Estadão

A Polícia Federal concluiu inquérito da Operação Cui Bono?, instaurado para investigar esquema de fraudes na liberação de créditos junto à Caixa Econômica Federal. A PF indiciou 16 investigados.

O relatório final do inquérito, segundo a PF, se baseou em provas colhidas no decorrer das investigações que foram obtidas através de medidas de busca e apreensão, provas testemunhais e documentais, ‘além de diligências de campo e análises de dados’.

Segundo a PF, foram identificados crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa, formação de quadrilha e obstrução à investigação de crime praticado por organização criminosa.

O inquérito policial foi encaminhado à 10.ª Vara da Justiça Federal em Brasília.