PF faz buscas na Secretaria de Saúde de Ubatuba e na Santa Casa contra fraudes e desvios de OS na compra de equipamentos e insumos

PF faz buscas na Secretaria de Saúde de Ubatuba e na Santa Casa contra fraudes e desvios de OS na compra de equipamentos e insumos

Operação Passos Largos, nesta terça-feira 27, investiga contratos sob suspeita de superfaturamento na administração da cidade do litoral Norte de São Paulo

Redação

27 de julho de 2021 | 10h29

Santa Casa de Ubatuba. Foto: Google Street View

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça, 27, a Operação Passos Largos para investigar supostas fraudes envolvendo o Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento da Medicina (ITDM), organização social que é responsável pela gestão da Santa Casa de Ubatuba, no litoral paulista.

Agentes cumprem sete mandados de busca e apreensão na sede da Santa Casa de Ubatuba, na Secretaria Municipal de Saúde e em endereços ligados aos responsáveis pela ITDM.

A ofensiva mira supostos crimes de fraude à licitação, associação criminosa e corrupção.

De acordo com a PF, as investigações miram suposta utilização, por parte da ITDM, de empresas prestadoras de serviços e fornecedoras de materiais e insumos. Os investigadores suspeitam de desvios de recursos financeiros e de materiais, além de eventuais superfaturamentos desde a contratação pela Prefeitura de Ubatuba.

COM A PALAVRA, A PREFEITURA DE UBATUBA

A Prefeitura de Ubatuba vem a público informar que a operação “Passos Largos”, realizada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira, 27 de julho de 2021, se refere à investigação de suspeita de fraudes no Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento da Medicina (ITDM), organização social contratada no governo anterior para fazer a gestão da Santa Casa (contrato 100001/2019 e contrato de gestão 11/2020, firmado em 30 de janeiro de 2020).

A organização em questão está cumprindo aviso prévio e encerrará sua gestão do hospital no dia 30 de julho de 2021.

A Prefeitura de Ubatuba colabora com todas as investigações da Polícia Federal e se coloca à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários, reafirmando seu compromisso com a lisura no uso dos recursos públicos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.