PF faz buscas em comitê de deputado atrás de ‘Lula candidato’ em SP

PF faz buscas em comitê de deputado atrás de ‘Lula candidato’ em SP

Ordem de judicial que autorizou apreensão em escritório de Carlos Neder (PT-SP), quadro histórico do partido e candidato à reeleição, foi motivada por denúncia de eleitor

Fausto Macedo e Julia Affonso

05 Outubro 2018 | 11h14

Carlos Neder. Foto: Alesp

A Polícia Federal fez buscas no comitê político do deputado estadual Carlos Neder (PT-SP), quadro histórico do partido e candidato nas eleições 2018, nesta sexta-feira, 5, no bairro da Bela Vista, em São Paulo, atrás de santinhos com ‘Lula candidato’. A ordem é do juiz Afonso Celso da Silva, do Tribunal Regional Eleitoral do Estado, após denúncia de um eleitor que relatou ter recebido um panfleto com nome do ex-presidente Lula como candidato à Presidência da República pelo PT.

“Proceda a busca a apreensão de panfletos, contendo propaganda eleitoral do candidato Carlos Neder, que façam menção expressa à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo de presidente”, informa o mandado.

Preso em Curitiba desde 7 de abril para cumprir pena de 12 anos e um mês de reclusão na Operação Lava Jato, Lula foi considerado inelegível pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral e substituído nas eleições 2018 pelo ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT).

O advogado Fernando Amaral, que defende Carlos Neder, afirmou que havia uma sobra de material produzida antes do indeferimento da candidatura de Lula. A Polícia Federal apreendeu os panfletos.

“Era bem pouca coisa”, afirma o defensor. “É uma pena que o processo eleitoral tenha esse tipo de interferência, mas, enfim, é um clima que se instalou.”