PF estoura laboratório do tráfico e confisca 100 mil pinos de cocaína e crack

PF estoura laboratório do tráfico e confisca 100 mil pinos de cocaína e crack

Agentes federais prenderam um homem e localizaram um sítio no município de Nazaré Paulista, interior de São Paulo, onde foram encontrados equipamentos para refino e separação de drogas em série

Julia Affonso e Luiz Vassallo

13 Março 2018 | 17h56

Foto: PF

A Polícia Federal estourou na noite desta segunda-feira, 12, um laboratório de refino, mistura e acondicionamento de drogas na região de Campinas, interior de São Paulo. Um homem foi preso.
A ação aconteceu após a PF ter recebido a informação de que um carro estaria sendo utilizado para o tráfico de drogas em uma estrada de terra na altura do quilômetro 39 da Rodovia Dom Pedro, no município de Nazaré Paulista.

Agentes federais, depois de realizarem diligências investigativas, conseguiram identificar o veículo que tinha as características informadas.

Durante a abordagem, os agentes constataram que o suspeito transportava, de acordo com a contabilidade dos criminosos, cem mil ‘pinos’ embalados em sacos, prontos para a venda a varejo, todos contendo cocaína e crack.

Interrogado sobre o local onde pegou a droga que transportava, o homem apontou um sítio próximo.
Na propriedade rural, que estava desocupada, foram encontrados equipamentos para refino e separação de drogas em porções.

Os agentes também encontraram produtos químicos utilizados para refinar e misturar à cocaína para aumentar o seu volume, além de tijolos de pasta-base de coca e maconha.

Todo o material foi apreendido e encontra-se em análise para pesagem líquida e identificação de todas as substâncias.

O peso bruto das drogas apreendidas, com as embalagens, chegou a 58 quilos de pinos de crack, 18 quilos de pinos de cocaína, 91 quilos em tabletes de pasta base e 6 quilos de maconha em trouxinhas.

Foto: PF

Foto: PF

Foto: PF

Foto: PF

Mais conteúdo sobre:

Tráfico de drogas