PF diz que Mantega se entregou na portaria de hospital em SP

PF diz que Mantega se entregou na portaria de hospital em SP

Ex-ministro da Fazenda estava no Alberto Einstein na manhã desta quinta, acompanhando a mulher que luta contra um câncer

Ricardo Brandt, Fausto Macedo e Julia Affonso

22 Setembro 2016 | 09h31

Guido Mantega. Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Guido Mantega. Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

A Polícia Federal informou que ‘apôs contato telefônico’ o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega se entregou à Operação Arquivo X, fase 34 da Lava Jato.

Com essa informação a PF busca rebater a versão de que Mantega foi capturado no centro cirúrgico do hospital.

A NOTA DA PF

Sobre o cumprimento de mandados durante a 34ª fase da Operação Lava Jato, a Polícia Federal informa:
1 – Ao comparecer hoje, às 6hs, na residência do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega para o cumprimento de ordens judiciais, constatou-se que apenas o filho adolescente do investigado e uma empregada doméstica estavam presentes no local;

2 – Ao serem informados pelos ocupantes do apartamento que Mantega encontrava-se no Hospital Albert Einstein, a PF dirigiu-se ao local;

3 – Nas proximidades do hospital, policiais federais fizeram feito contato telefônico com o investigado, que se apresentou espontaneamente na portaria do edifício;

4 – De forma discreta e em viatura não ostensiva, o investigado acompanhou a equipe até o apartamento e, já tendo feito contato com seu advogado, foi então iniciado o procedimento de busca.

5 – Tanto no local da busca como no hospital todo o procedimento foi realizado de forma discreta, sem qualquer ocorrência e com integral colaboração do investigado.

Mais conteúdo sobre:

operação Lava JatoGuido Mantega