PF deflagra Operação Oriente e prende quatro por tráfico de pessoas

Trinta agentes e delegados vasculharam boates nas praias de Icaraí e Cumbuco, no Ceará, que atendem clientela sul-coreana

Julia Affonso e Fausto Macedo

05 de março de 2016 | 13h30

A Polícia Federal deflagrou na madrugada deste sábado, 5, a Operação Oriente para coibir tráfico de pessoas para fins de prostituição no município de Caucaia, Ceará. Quatro pessaos foram presas em flagrante e vão responder inquérito por tráfico interno de pessoas, rufianismo e resistência.

A operação contou com 30 policiais federais que efetuaram buscas em casas noturnas nas praias de Icaraí e Cumbuco. Denúncias chegaram à PF de que esses locais estariam ‘dedicados à exploração sexual de mulheres vindas da Coreia do Sul’.

As investigações apontaram que as casas de prostituição tinham por finalidade atender clientes sul-coreanos. Na região há grande concentração de estrangeiros trabalhando nas obras da Companhia Siderúrgica do Pecém/CE.

Três outros suspeitos foram liberados após pagamento de fiança e assinatura de termo de compromisso de comparecimento.

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: