PF deflagra Operação Gênesis contra pornografia infantil

PF deflagra Operação Gênesis contra pornografia infantil

Quarenta policiais saíram às ruas no Rio Grande do Norte para cumprir nove mandados de buscas; rede alcançava outros sete Estados

Redação

02 de setembro de 2015 | 16h34

Foto: PF

Foto: PF

Por Julia Affonso e Fausto Macedo

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 2, a Operação Gênesis, no Rio Grande do Norte e em mais 7 Estados (Acre, Minas, Ceará, Pernambuco, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins) para combater o armazenamento e a distribuição de fotos e vídeos de material pornográfico infantil pela internet.

Coordenada pela Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DICOR), através da Unidade de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil na Internet, em Brasília, a investigação foi iniciada no Rio Grande do Norte há oito meses.

Foto: PF

Foto: PF

As informações foram divulgadas nesta quarta, 2, pela Comunicação Social da PF em Natal. Missão de inteligência da PF identificou contas de usuários que se utilizavam de redes sociais e de e-mails para distribuir arquivos de pornografia infantil através da rede mundial de computadores.

Cerca de 40 policiais saíram às ruas desde cedo para cumprir 9 mandados de busca e apreensão em endereços residenciais.

Os crimes investigados preveem penas que podem chegar a 6 de anos de reclusão, além de multa. A PF informou que o nome da Operação Gênesis “significa na mitologia ‘nascimento, princípio, origem’ e a instituição protege os cidadãos desde cedo, na sua infância”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.