PF deflagra ‘Feijão de Ouro’ contra fraudes rurais

Quinze mandados de buscas e condução coercitiva foram cumpridos em ação que investiga golpe contra Conab

Redação

23 de julho de 2015 | 16h26

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

Por Fausto Macedo e Julia Affonso

A Policia Federal deflagrou no Paraná na manhã desta quinta-feira, 23, a Operação Feijão de Ouro para apurar fraudes cometidas contra a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), por meio de falsificação de notas de produtores rurais referentes à comercialização da leguminosa.

Cerca de 30 policiais federais cumpriram nove mandados de busca e apreensão e seis de condução coercitiva, nas cidades de Quatiguá, Santo Antônio da Platina e Joaquim Távora, todas no Paraná.

Por meio de um programa de incentivo a agricultura familiar, o governo federal, via CONAB, adquiriu nos anos de 2010 e 2011 feijão produzido por pequenos agricultores a preços superiores aos praticados no mercado.

Segundo a PF, durante as investigações foi descoberto que muitos agricultores que forneceram as notas fiscais nunca produziram feijão – alguns nem mesmo se dedicavam à agricultura.

Tudo o que sabemos sobre:

Operação Feijão de OuroPolícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.