PF autua em flagrante esfaqueador de Bolsonaro

PF autua em flagrante esfaqueador de Bolsonaro

Candidato à Presidência foi atingido durante ato público no centro de Juiz de Fora (MG); corte é artificial

Redação

06 Setembro 2018 | 16h54

Foto: FABIO
MOTTA/ESTADÃO

A Polícia Federal afirmou, nesta quinta-feira, 6, que autuou em flagrante suspeito de esfaquear o candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro durante ato público em Juiz de Fora (MG). De acordo com Flavio Bolsonaro, filho do presidenciável, o ferimento foi superficial. Adélio Bispo de Oliveira, 40, foi preso.

Segundo a PF, o candidato ‘contava com a escolta de policiais federais quando foi atingido por uma faca durante um ato público na cidade de Juiz de Fora/MG’.

“O agressor foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da PF naquele município. Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato”.

Líder nas pesquisas de intenção de votos, Bolsonaro era carregado pelas ruas da cidade mineira por seus apoiadores quando fez uma expressão de dor. Vídeos que circulam pela internet mostram uma pessoa se aproximando do candidato e acertando sua barriga. Pelos vídeos, não é possível identificar de forma precisa o que foi utilizado pelo agressor. Um dos seguranças que estavam com Bolsonaro sofreu um corte na mão.

Mais conteúdo sobre:

Jair BolsonaroPolícia Federal