PF apreende avião com 430 kg de pasta base de cocaína em Minas

PF apreende avião com 430 kg de pasta base de cocaína em Minas

Cessna Aircraft foi encontrado em um hangar no aeroporto de Pará de Minas, município que fica a 84 quilômetros da capital Belo Horizonte; suspeita é de que a droga tenha vindo da Bolívia

Mateus Coutinho

16 de fevereiro de 2017 | 10h29

Seleção 1

Foto: Divulgação

 

A Polícia Federal em Minas Gerais apreendeu na noite desta quarta-feira, 15, em Pará de Minas (MG) a 84 quilômetros de Belo Horizonte, um avião Cessna Aircraft, modelo 210 M, que transportava 430 quilos de pasta base de cocaína. A ação contou com apoio da Polícia Militar do município.

Por estar guardada em sacos de origem boliviana, a PF acredita que a droga tenha vindo do país vizinho.

Segundo a PF, a aeronave teria aterrizado no Aeroporto de Pará de Minas por volta de 18hs, e iria passar a noite em um hangar do local, ainda carregada com a droga. A PF ouviu o responsável pelo hangar e realizou perícias na aeronave. Os peritos registraram que as asas do Cessna não têm identificação e apresentavam alongamento de suas extremidades, para levar mais combustível e aumentar a autonomia de voo.

Seleção 2

Foto: Divulgação

Além dos cerca de 415 tabletes da pasta base, a PF apreendeu um pacote com cerca de um quilo de folhas supostamente de cocaína.

A Polícia Federal descobriu ainda que o piloto do avião havia fugido para Belo Horizonte onde se hospedou em um hotel nas proximidades da rodoviária da capital. Ele acabou preso em flagrante por agentes federais.

Se condenado pelo crime de tráfico internacional de drogas, o piloto poderá cumprir até 25 anos de prisão. Ele permanecerá à disposição da Justiça Federal de Divinópolis (MG).

 

Seleção 4

Foto: Divulgação

Notícias relacionadas

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia FederalMinas GeraisCocaína

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.