PF apreende 42 carros de luxo e 27 caminhões do tráfico

PF apreende 42 carros de luxo e 27 caminhões do tráfico

Trezentos policiais e 28 auditores da Receita desmontaram cinco núcleos de organização criminosa; também foram recolhidos R$ 634 mil em dinheiro vivo, 91 relógios e joias e 37 celulares

Redação

15 de junho de 2015 | 18h53

Carros de luxo apreendidos na Operação Ferrari. Foto: PF

Carros de luxo apreendidos na Operação Ferrari. Foto: PF

Por Fausto Macedo e Julia Affonso

A Polícia Federal apreendeu nesta segunda-feira, 15, 42 carros de luxo, 27 caminhões, dois reboques e duas motos importadas durante a Operação Ferrari. A ação tinha como objetivo desarticular cinco núcleos de organização criminosa envolvida em tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro no Paraná, em São Paulo, Mato Grosso do Sul, na Bahia e em Sergipe.

Segundo informações divulgadas pela PF, o patrimônio do grupo ultrapassa R$ 40 milhões. Foram apreendidos ainda 91 relógios e joias, R$ 634 mil em dinheiro, R$ 460 mil em cheques, uma arma de fogo e 37 celulares. Todos os presos foram conduzidos a Curitiba.

Motos apreendidas pela Polícia Federal. Foto: PF

Operação da Polícia Federal foi deflagrada em 5 Estados. Foto: PF

De acordo com a Receita Federal, a análise de documentos de dados fiscais e bancários, possibilitou descobrir um complexo esquema de lavagem de dinheiro. A PF informou que o nome da operação se refere ao estilo de vida luxuoso que os criminosos mantinham possuindo casas em condomínios horizontais de alto padrão na cidade de Londrina/PR, empresas para lavagem de dinheiro, automóveis importados e embarcações de luxo, tudo fruto do tráfico internacional de drogas, além de ser o nome de um dos estabelecimentos empresariais mantidos pela organização criminosa.

Casa de um dos presos. Foto: PF

Casa de um dos presos. Foto: PF

Um efetivo de 300 policiais federais e 28 servidores da Receita participou da operação e cumpriu 49 mandados judiciais, sendo 20 de prisão preventiva, 22 de busca e apreensão e sete mandados de condução coercitiva, em 15 cidades daqueles Estados.

Tudo o que sabemos sobre:

Operação FerrariPolícia Federal

Tendências: