PF abre Operação ‘Cara e Coroa’ para investigar retirada ilegal de moedas antigas em sítio arqueológico no Pará

PF abre Operação ‘Cara e Coroa’ para investigar retirada ilegal de moedas antigas em sítio arqueológico no Pará

De acordo com a corporação, as moedas são datadas da época do Brasil Império; o local onde elas foram coletadas foi demarcado como sítio arqueológico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Redação

23 de junho de 2021 | 10h36

Operação Cara & Coroa. Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta, 23, a Operação Cara & Coroa, para apreender moedas antigas encontradas por escavadores não autorizados no município de Colares, no Pará.

De acordo com a corporação, as moedas são datadas da época do Brasil Império e consideradas patrimônio histórico nacional. O local onde elas foram coletadas foi demarcado como sítio arqueológico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Ao todo os agentes cumpriram três mandados de busca e apreensão, expedidos pela 9ª Vara Federal Ambiental e Agrária da Justiça Federal do Pará.

Os investigados podem responder por usurpação de bens da União, crime previsto na lei de crimes ambientais.

Operação Cara & Coroa. Foto: Polícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.