PF abre Operação Bola Fora em Alagoas

Agentes cumprem mandados de busca e apreensão em Maceió e Boca da Mata, em investigação sobre caixa 2

Julia Affonso e Fausto Macedo

09 de junho de 2017 | 08h07

Foto: Filipe Araújo/Estadão

A Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas deflagrou nesta sexta-feira, 9, a Operação Bola Fora. Segundo a PF, são cumpridos mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Alagoas a pedido do Ministério Público Eleitoral, em quatro endereços nos municípios de Maceió e Boca da Mata/AL.

Atendendo a requisição da Procuradoria Eleitoral, a Polícia Federal instaurou inquérito policial para apurar repercussão no estado de Alagoas de fatos trazidos à tona na CPI do Futebol e que foram objeto de investigação pela PF em São Paulo. Em nota, a Federal informou que, segundo um político local ligado a entidades que representam o futebol em nível estadual e nacional teria recebido recursos de pessoas também relacionadas a uma dessas entidades, numerários estes utilizados em campanha eleitoral do primeiro.

“Ocorre que teria havido omissão de tais receitas/despesas nas declarações enviadas pelo político à Justiça Federal, prática conhecida popularmente como caixa 2”, diz a nota da PF.

Um efetivo de 20 policiais federais da Superintendência Regional da PF de Alagoas executam as medidas judiciais.

O material arrecadado será levado à Superintendência Regional de Polícia Federal em Alagoas, onde será analisado.

Mais conteúdo sobre:

Operação Bola Fora