PF investiga traficantes que iam ‘exportar’ 1,5 tonelada de cocaína em cargas de amendoim, óleo de soja e açúcar

PF investiga traficantes que iam ‘exportar’ 1,5 tonelada de cocaína em cargas de amendoim, óleo de soja e açúcar

Delegacia da Polícia Federal em Santos abriu inquérito para tentar identificar grupo que pretendia mandar via porto supercarregamento de droga em contêineres para a Holanda e o Líbano em meio a produtos regulares

Redação

08 de julho de 2022 | 15h30

Foto: Receita Federal

A Polícia Federal e a Receita apreenderam nesta quinta-feira, 7, no porto de Santos, mais de 1,5 tonelada de cocaína em meio a cargas de amendoins, óleo de soja e açúcar. Os carregamentos tinham como destino a Holanda e o Líbano.

Os contêineres foram selecionados para verificação do Fisco com base em critérios de análise de risco, incluindo a inspeção com imagens de escâner. Durante o procedimento, um cão de faro sinalizou positivamente para a presença de drogas.

A primeira apreensão ocorreu em uma carga de amendoins com destino ao porto de Roterdã, na Holanda. O peso bruto da droga encontrada foi de 568,5 kg.

A segunda apreensão foi em um carregamento de óleo de soja e açúcar com destino ao Líbano, mas com baldeação no porto de Tanger Med, no Marrocos. O peso bruto da droga encontrada nas sacas de açúcar foi de 968 kg.

A Polícia Federal foi acionada para para realizar a perícia no local das apreensões para subsidiar inquérito policial.

Veja todos os registros da ação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.