Operação Dolos, da PF, combate facções em 12 Estados

Operação Dolos, da PF, combate facções em 12 Estados

Ação deflagrada neste sábado, 20, cumpre 146 ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal do Acre

Julia Affonso

20 de outubro de 2018 | 11h52

Foto: PF

A Polícia Federal deflagrou neste sábado, 20, a Operação Dolos para combater facções criminosas que atuavam em 12 Estados. Em um período aproximado de dois anos, a Federal identificou membros ligados a três organizações criminosas, dentre elas o Comando Vermelho, de abrangência nacional e com forte poder de atuação nos presídios de todo o país.

Os investigadores estimam que a movimentação financeira das facções, no período da apuração, tenha sido superior a R$ 9 milhões, entre depósitos e retiradas de valores, oriundos principalmente do tráfico internacional de drogas.

Foto: PF

Em nota, a PF informou que está cumprindo 146 ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal do Acre. Deste total, a Federal cumpre 53 mandados de prisões temporárias, 22 de prisões preventivas e 71 de busca e apreensões, algumas delas realizadas no interior de presídios do Acre.

A investigação foi conduzida pelo grupo de investigações da PF, especializado no combate a organizações criminosas e ao tráfico de entorpecentes, e teve apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), força de operações da Polícia Militar do Rio, e do BOPE do Acre.

O nome da operação é inspirado no Deus Dolos e representa o engano, a fraude e a malícia. O nome buscou simbolizar o complexo sistema de lavagem de dinheiro operado pelas organizações criminosas investigadas, que possui uma rede de integrantes espalhada por todas as regiões do país.

Foto: PF

Foto: PF

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia FederalAcreComando Vermelho

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.