O manual do compliance

O manual do compliance

Um time de 64 especialistas, entre advogados, juristas e estudiosos, lança nesta sexta, 7, em São Paulo, Manual de Compliance, uma obra que reúne 34 artigos sobre o tema

Redação

07 Dezembro 2018 | 05h00

 

O notável interesse pelo compliance, sobretudo após a vigência da Lei Anticorrupção, criou uma intensa procura de fontes confiáveis sobre o tema. Para tentar atender a esta demanda, 64 advogados, juristas, estudiosos e das mais diversas áreas se reuniram para lançar o livro Manual de Compliance.

Nesta sexta, 7, às 18 hs, o Manual será lançado às 18h, em São Paulo, na Livraria Martins Fontes da Avenida Paulista.

O prefácio é do jurista Modesto Carvalhosa e o posfácio do ex-ministro Valdir Simão (Controladoria-Geral da União). A obra é dividida em cinco capítulos que agrupam 34 artigos.

Rodrigo Bertoccelli, um dos coordenadores do Manual de Compliance, com extensão executiva em Business and Compliance pela University of Central Florida e International Management and Compliance pela Frankfurt University of Applied Sciences e Presidente do Instituto Brasileiro de Direito e Ética Empresarial (IBDEE), afirma que ‘esta é a obra mais completa sobre compliance disponível no mercado brasileiro’.

Além de Bertoccelli, coordenaram a obra André Castro Carvalho, pós-doutor no Massachusetts Institute of Tecnology (MIT) e professor de compliance em diversas escolas de negócios, Otavio Venturini, mestrando em Direito e Desenvolvimento pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e professor em cursos de pós-graduação de Direito Público e Compliance, e Tiago Cripa Alvim, Master em Direito Público e PPP pela Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne e consultor da Uncitral-ONU para concessões e PPPs.

Manual de Compliance aborda aspectos fundamentais como os pilares das políticas de integridade, as questões éticas dos programas e a necessidade de canais de denúncias nas empresas, a responsabilização do compliance officer na esfera criminal, a relação do compliance com os mais diversos mercados, tais como os concorrencial, financeiro e de capitais, digital, publicitário e com o setor público.–

Mais conteúdo sobre:

compliance