O compromisso de Augusto Aras

O compromisso de Augusto Aras

Leia o pronunciamento do novo procurador-geral da República, empossado nesta quarta, 2, perante seus pais, ministros, deputados, senadores e Bolsonaro, que o nomeou

Paulo Roberto Netto

02 de outubro de 2019 | 12h37

O novo Procurador-Geral da República, Augusto Aras, na sede da PGR, em Brasília. Foto: Gabriela Biló / Estadão

O procurador-geral da República Augusto Aras tomou posse nesta quarta, 2, em Brasília, afirmando que o Ministério Público deve ser “atuante, mas responsável” com a Constituição em suas ações. Em um discurso no qual pregou autonomia e independência, Aras disse que “não há poder do Estado que esteja imune à ação do Ministério Público” e citou o enfrentamento à corrupção como uma prioridade, além de elogiar procuradores da Operação Lava Jato e o então juiz federal e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

LEIA A ÍNTEGRA DO DISCURSO DE ARAS:

Documento

Tudo o que sabemos sobre:

Augusto ArasMinistério Público

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: