Novo chefe da PF em SP diz que dará prioridade a inquéritos fatiados do Supremo

Novo chefe da PF em SP diz que dará prioridade a inquéritos fatiados do Supremo

Disney Rosseti condena corrupção que 'é sangria moral'

Redação

24 de setembro de 2015 | 13h34

Foto: PF

Foto: PF

Por Fausto Macedo

O novo superintendente da Polícia Federal em São Paulo, delegado Disney Rosseti, disse nesta quinta-feira, 24, que a instituição está preparada para receber inquéritos da Lava Jato, fatiados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). ‘A superintendência em São Paulo dará prioridade às investigações que vierem para cá’ afirmou Rosseti.

Ele disse que poderá haver intercâmbio de delegados e agentes da força-tarefa da Polícia Federal, em Curitiba, base da missão Lava Jato – policiais já integrados as investigações deverão se deslocar para São Paulo. ‘Num primeiro momento vamos ter que convocar os que estão habituados a essa investigação’.

Disney Rosseti afirmou que uma das prioridades de sua gestão será o combate à corrupção. Ao ser indagado sobre o elevado indice de corrupção no pais o novo chefe da PF declarou. ‘E uma sangria de dinheiro que poderia estar sendo utilizado em programas sociais, projetos sociais, habitação, saúde e segurança. E fora que a sangria moral é muito ruim para o País e para a sociedade como um todo.”

Tudo o que sabemos sobre:

operação Lava JatoPolícia Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.