No Twitter, Moro diz que vai ‘quadruplicar’ alienação de bens do tráfico

No Twitter, Moro diz que vai ‘quadruplicar’ alienação de bens do tráfico

Ministro da Justiça e Segurança Pública destaca que arrecadação com a venda de carros, fazendas e apartamentos confiscados de organizações já aumentou 80% com relação ao mesmo período do ano passado

Luiz Vassallo e Fausto Macedo

06 de junho de 2019 | 04h14

O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) informou que está ‘acelerando a alienação, via Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, de bens confiscados e sequestrados do tráfico de drogas‘. Segundo Moro, a arrecadação já aumentou 80% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Mas ele quer mais.

“Ainda é pouco. Vamos dobrar, triplicar, quadruplicar a meta”, postou em sua conta no Twitter.

Moro crava que ‘esse é um dos projetos estratégicos’ da Pasta que dirige.

Em valores, a alienação já representou o ingresso de R$ 31,2 milhões, em 2019, nos cofres do Fundo Nacioonal Antidrogas (Funad).

“Queremos utilizar os recursos do tráfico de drogas contra o próprio crime, para financiar a segurança pública, o tratamento de dependentes e as políticas de prevenção.”

Tudo o que sabemos sobre:

Sérgio Moro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.