No Pantanal, PF investiga morte de duas onças pintadas, um cachorro do mato, um bovino, dois carcarás e 14 urubus

No Pantanal, PF investiga morte de duas onças pintadas, um cachorro do mato, um bovino, dois carcarás e 14 urubus

Agentes apuram a morte de 20 animais, localizados em uma propriedade rural na região do Passo do Lontra, no município de Corumbá, e suspeitam de envenenamento

Redação

21 de junho de 2021 | 16h15

Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal em Mato Grosso do Sul está investigando a morte de duas onças-pintadas, com suspeitas de envenenamento, em uma propriedade rural na região do Passo do Lontra, no município de Corumbá, a cerca de 420 quilômetros da capital Campo Grande, perto da fronteira com a Bolívia.

A corporação foi comunicada sobre a morte dos animais na última quarta, 16, sendo que no dia seguinte enviou duas equipes, junto com servidores do Ibama, para realizem diligências no local.

Na ocasião, além das duas onças-pintadas, foram encontradas carcaças de um bovino, um cachorro do mato, dois carcarás e 14 urubus, todos em estado de decomposição.

A PF realizou diligências preliminares na propriedade rural, sendo realizados exames periciais de local e coleta de material com a finalidade de determinar as causas das mortes dos animais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.