Não sou e nem serei candidato, afirma Moro

Não sou e nem serei candidato, afirma Moro

Juiz da Lava Jato disse, em São Paulo, que 'profissão política é das mais belas', mas que optou pela magistratura

Julia Affonso, Altamiro Silva Junior e Marcelo Osakabe

15 Agosto 2017 | 11h42

Sérgio Moro. Foto: Felipe Rau/Estadão

O juiz federal Sérgio Moro rechaçou nesta terça-feira, 15, durante evento em São Paulo, ser candidato a algum cargo eletivo. O nome do magistrado foi testado em recentes pesquisas eleitorais.

Moro participou pela manhã do Fórum Mitos & Fatos, da rádio Jovem Pan.

“Eu acho que a profissão política é uma das mais belas. Nós, eventualmente, temos uma imagem pejorativa por conta de eventuais escândalos criminais, principalmente aqui, mas existem muitos bons políticos e, evidentemente, a minoria que adere a essas práticas criminosas. eu penso que precisa ter um certo perfil”, afirmou.

Efetivo maior para a Polícia Federal, defende Moro

“Sinceramente não me vejo com esse perfil. eu fiz uma opção na minha carreira pela magistratura, então, não me vejo e já disse mais de uma vez, reitero quantas vezes forem necessárias, não sou candidato, não serei candidato.”

Em junho, pesquisa sobre intenções de voto para as eleições presidenciais de 2018, feita pelo instituto Datafolha, indicou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se manteria na liderança na disputa, atrás do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) e da ex-senadora Marina Silva (Rede), tecnicamente empatados. O petista teria entre 29% e 30% das intenções de voto e os dois presidenciáveis em segundo lugar tem, respectivamente, 16% e 15%.

OUTRAS DO BLOG: + ‘Muito humano e religioso’, diz mãe a Moro sobre o filho preso da Lava Jato

PT na Assembleia de São Paulo dá emprego a acusados por desvios no Museu do Trabalhador

PF abre Anteros contra governador do Rio Grande do Norte

Em um cenário em que o juiz Sérgio Moro é colocado, o magistrado alcança segundo lugar no primeiro turno, com 14% das intenções de voto, numericamente empatado com Marina Silva e tecnicamente empatado com Bolsonaro, que surge com 13%.

Mais conteúdo sobre:

Sérgio Morooperação Lava Jato