Na carga de cereais havia 2,6 toneladas de maconha

Na carga de cereais havia 2,6 toneladas de maconha

Força-tarefa da Polícia Federal e Polícia Civil do Paraná intercepta carreta de grãos e droga embalada em fardos com inscrições em espanhol, 'indicando a transnacionalidade do crime'

Redação

29 de abril de 2019 | 12h55

Foto: Polícia Federal

Força-tarefa da Polícia Federal e da Polícia Civil do Paraná apreendeu na noite deste domingo, 28, uma carga de 2,6 toneladas de maconha em meio a grãos transportados em uma carreta na região de Maringá.

A droga estava embalada em fardos com inscrições em espanhol, o que, para a PF, indica a ‘transnacionalidade do crime’.

Os agentes haviam recebido informações que apontavam ‘possível transporte de entorpecentes’. Os policiais federais, com apoio da Polícia Civil de Paranavaí (PR) e do Departamento de Narcóticos de Maringá, localizaram a carreta na região de Alto Paraná.

A força-tarefa passou a seguir a carreta. Na abordagem realizada, já em área do município de Nova Esperança (PR), o motorista fez uma ‘manobra evasiva, colocando em risco a equipe policial e os demais usuários da via’.

Segundo a PF, o motorista abandonou o caminhão e fugiu a pé por uma mata. Os agentes fizeram buscas na área, mas não encontraram o motorista da carreta de grãos e maconha.

Foto: Polícia Federal

Foto: Polícia Federal

Foto: Polícia Federal

Foto: Polícia Federal

Tudo o que sabemos sobre:

Tráfico de drogasParaná [estado]

Tendências: