‘Motoristas: temos a solução’, anuncia ‘Dr. Percy-multas’, novo vice do Detran/SP

‘Motoristas: temos a solução’, anuncia ‘Dr. Percy-multas’, novo vice do Detran/SP

Percy Ramos de Souza, empossado no cargo nesta quinta, 20, oferece serviços que vão desde 'orientação jurídica' e 'defesa', até 'recursos e etc' à multidão de multados em São Paulo

Luiz Vassallo e Pedro Venceslau

20 de setembro de 2018 | 18h44

Reprodução de imagens do Facebook de Dr. Percy

‘Motoristas: Temos solução!”, a frase consta do cartão de visitas do novo vice-presidente do Detran de São Paulo, empossado nesta quinta, 20, Percy Ramos de Souza, o ‘Dr. Percy-multas’. Ele oferece ‘orientação jurídica’,’assessoria’, ‘defesa’, ‘recursos’ e ‘etc..’.

Réu por estelionatos, recém-nomeado vice do Detran se filmou a 96 km/h de Mercedes

Eleito suplente de vereador em Santo André pelo PMB (Partido da Mulher Brasileira) em 2016, ‘Dr. Percy’ foi indicado ao cargo estratégico no Detran a partir de decreto do governo Márcio França (PSB) e publicado no Diário Oficial desta quarta, 19.

Reprodução de imagens do Facebook de Dr. Percy

Em seu WhatsApp, e na sua página de Facebook, extinta nesta quinta, 20, destaca-se a imagem da placa de trânsito ‘Pare’, e abaixo, os dizeres: ‘multas?, pontuação?, habilitação suspensa?, cassação?’. Em seguida, uma promessa de serviço que soa como alento à multidão de contribuintes multados todos os dias nas ruas da metrópole: ‘Motoristas! Temos a solução!’

Após reportagem, governo torna sem efeito nomeação de vice ao Detran de SP

Reprodução do Diário Oficial

Na descrição de seu perfil de WhatsApp, ele anuncia: “Sua ligação é muito importante para nós. Nosso atendimento apenas nestes telefones do cartão. De segunda à sexta das 8h às 18h.”

Reprodução de imagens do Facebook de Dr. Percy

‘Dr. Percy’ dá expediente em um sobreloja na Rua Senador Fláquer, em Santo André, Centro. Em frente à entrada, há uma placa e um pequeno púlpito idênticos às figuras do seu cartão de visitas.

Segundo dados de sua candidatura, em 2016, à Câmara de vereadores de Santo André, ele é policial civil. Sem estar registrado no cadastro nacional da OAB, mas formado em Direito, ele oferece ‘orientação jurídica’, ‘recursos’ e ‘defesa’.

Reprodução do escritório de Dr. Percy/ Google Street View

De acordo com o governo do Estado, por meio de nota, Percy foi delegado de Polícia por 22 anos, passou pelo Corpo de Bombeiros, por 17 anos, e não tem pendências judiciais.

“Sua tarefa será defender a visão do usuário do Detran no serviço público”, afirma a nota do Palácio dos Bandeirantes.

Reprodução do perfil de WhatsApp de Dr. Percy

Cargo. Dr. Percy foi indicado após a saída de um nomeado para o cargo que sequer chegou a tomar posse. No último dia 8, o governo Márcio França (PSB) tornou sem efeito a nomeação de Carlos Augusto Galier, indicado três dias antes à vice-presidência do Detran.

Galier é réu em ações por estelionato e publicou vídeo nas redes sociais filmando o velocímetro de sua Mercedes a 96 km/h em uma rodovia. O caso foi revelado pelo Estado.

O governo afirmou que a nomeação de Galier seguia a lei, já que ele não tem condenações com trânsito julgado. Mas considerou que o uso de celular ao volante é um ‘ato absolutamente incompatível’ com a postura esperada pelo órgão que Galier assumiria.

À reportagem do Estadão, Galier afirmou ter sido indicado ao cargo por mérito. “A gente tem o merecimento, entendeu? E, como estava muito afastado para mim, onde eu estava trabalhando, em Ibiúna, onde tenho casa e escritório de advocacia, para mim fica mais viável em São Paulo. O que deu para encaixar foi isso daí.”

COM A PALAVRA, ‘DR. PERCY’

A reportagem tentou contato com o ‘Dr. Percy’ pelos números de celulares que aparecem em seu cartão de visitas. Ele não atendeu e não deu retorno. O espaço está aberto para manifestação.

COM A PALAVRA, O PALÁCIO DOS BANDEIRANTES

“O sr. Percy Ramos é um técnico especialista em apurar abusos de infrações de trânsito aplicados contra motoristas e proprietários de veículos. Trata-se de um profissional qualificado, formado em direito, que se dedicou 22 anos à função de delegado de polícia, na qual se aposentou, além de ter atuado por 17 anos no Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo. Sua tarefa será defender a visão do usuário do Detran no serviço público.”